Terça-feira, 31 de Janeiro de 2012

Objetivos para o teste de avaliação

Objetivos que deves atingir:
  • Localizar no tempo e no espaço a civilização egípcia (páginas 36 do manual).
  • Conhecer a organização da sociedade egípcia (páginas 38 e 39 do manual).
  • Indicar os poderes do faraó (página 38).
  • Reconhecer os cultos praticados pelos egípcios (páginas 40 e 41).
  • Localizar no tempo e no espaço a civilização grega (páginas 58 do manual).
  • Identificar os grupos sociais que constituíam a sociedade ateniense (página 60).
  • Identificar as principais atividades económicas dos atenienses (página 60).
  • Caraterizar a democracia ateniense (página 62).
  • Destacar as limitações da democracia ateniense (página 62).
  • Compreender a importância da educação para a formação do cidadão (página 64).
  • Caraterizar a religião grega (página 64).

Como deves preparar-te para o teste:

publicado por historia8alustosa às 18:47
| Comentar
Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012

Lições n.ºs 33 e 34

Que aprendizagens e competências vais desenvolver:

  • Leitura e interpretação de textos sobre os deuses e o culto helénico.
  • Observação de imagens de deuses.
  • Observação de imagens relativas aos Jogos Olímpicos.
  • Visionamento e análise de um excerto do documentário "Os Jogos da Olímpicos".
  • Observação e análise de imagens de construções, esculturas e pinturas gregas.

No final da(s) aula(s) deverás ser capaz de:

  • Compreender a importância da educação, dos jogos, do teatro e das manifestações religiosas na formação do cidadão.
  • Destacar as limitações da democracia ateniense.
  • Caraterizar a arte grega.
  • Avaliar o contributo da Grécia Antiga para a cultura ocidental.

Orientações para o teu estudo:

  • Copiar os esquemas das páginas 72 e 73.
  • Imagina-te um cidadão ateniense. Escreve sobre a tua educação; funções sociais; vida quotidiana; crenças e práticas religiosas.
  • Para testares os teus conhecimentos, faz os exercícios que se seguem:
publicado por historia8alustosa às 20:53
| Comentar
Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2012

A Odisseia, Canal História, 1.º de 4 episódios

publicado por historia8alustosa às 23:22
| Comentar

Lições n.ºs 31 e 32

Que aprendizagens e competências vais desenvolver:

  • Leitura e análise de textos sobre a democracia grega.
  • Análise de um esquema do funcionamento das instituições democráticas atenienses.
  • Observação e interpretação de imagens relativas à educação dos jovens atenienses.
  • Realização de um debate sobre a igualdade homem/mulher nos dias de hoje.
  • Leitura e interpretação de textos sobre os deuses e o culto helénico.
  • Observação de imagens de deuses.
  • Observação de imagens relativas aos Jogos Olímpicos.
  • Visionamento e análise de um excerto do documentário "Os Jogos da Olímpicos".
  • Observação e análise de imagens de construções, esculturas e pinturas gregas.

No final da(s) aula(s) deverás ser capaz de:

  • Caracterizar a democracia ateniense.
  • Compreender a importância da educação, dos jogos, do teatro e das manifestações religiosas na formação do cidadão.
  • Destacar as limitações da democracia ateniense.
  • Caraterizar a arte grega.
  • Avaliar o contributo da Grécia Antiga para a cultura ocidental.

Orientações para o teu estudo:

publicado por historia8alustosa às 23:13
| Comentar
Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012

A construção de um Império, Canal História

publicado por historia8alustosa às 16:40
| Comentar
Domingo, 15 de Janeiro de 2012

Os escravos

Os homens têm sobre este ponto sentimentos diferentes: uns não fazem nenhuma confiança na raça dos escravos, levam-nos com o aguilhão e chicote, como animais ferozes, e tornam a sua alma, não somente três, mas dez vezes mais escrava; outros fazem exactamente o contrário. (...)

Devemos tratá-los bem, não somente por eles, mas ainda em vista do nosso próprio interesse. Esse tratamento consistirá em não abusar da autoridade que temos sobre eles e em sermos ainda mais justos, se é possível, com eles que com os nossos iguais.

 

Platão (428-347 a. C.), As Leis

 

  1.  Analisa o papel dos escravos no funcionamento da economia ateniense.
publicado por historia8alustosa às 15:48
| Comentar | Ver comentários (1)

As mulheres na Grécia Antiga

Reconheçamos, pois, que (…) o saber do homem não é o da mulher, que o valor e a equidade não são em ambos os mesmos, como pensava Sócrates, e que a força de um assenta no mando e a do outro na submissão. (…)Em resumo, o que diz o poeta de uma das qualidades da mulher: «Um modesto silêncio faz a honra à mulher» é igualmente exacto.

 

Aristóteles, A Política

 

  1.  Avalia o papel da mulher grega.
publicado por historia8alustosa às 15:47
| Comentar | Ver comentários (2)

Os metecos

Os metecos eram homens livres, gregos e não gregos, (…) findo um determinado prazo de estadia (…) (talvez um mês) o estrangeiro de passagem em Atenas devia obrigatoriamente inscrever-se como meteco, senão era passível de ser vendido como escravo (…) estavam submetidos a diversas obrigações: tinham de pagar ometoikion (imposto sobre os metecos), (…) [outro] imposto para terem o direito de exercer o comércio da ágora (…) tinha igualmente a obrigação de arranjar (…) um patrono, cidadão ateniense que se encarregava de os representar em justiça. Os metecos tinham ainda de se inscrever como estando domiciliados num dos demos da Ática (a maior parte deles habitava em Atenas, e, sobretudo no Pireu, principal centro de actividade económica da Ática) (…). Finalmente, os metecos estavam obrigados, de acordo com a sua riqueza, aos mesmos deveres financeiros que os cidadãos (liturgias, impostos de guerra). Serviam o exército em contingentes separados, (…) serviam igualmente na frota, como remadores. (…)

O meteco não tinha qualquer direito político: não podia tomar parte na assembleia nem no conselho, nem ocupar nenhuma magistratura.

 

  1. Distingue os cidadãos dos metecos.
publicado por historia8alustosa às 15:46
| Comentar | Ver comentários (1)

Os cidadãos

A própria natureza assim o quis, dado que fez os corpos dos homens livres diferentes do dos escravos, dando a estes o vigor necessário para as obras difíceis da sociedade, dando a estes o vigor necessário para as obras difíceis da sociedade, e fazendo, contrariamente, os primeiros incapazes de dobrar o seu erecto corpo para dedicar-se a trabalhos duros, e destinando-os somente às funções da vida civil, repartida entre as ocupações da guerra e da paz. (…) Seja como for, é evidente que os primeiros são naturalmente livres e os segundos naturalmente escravos; e que para estes últimos é a servidão tão útil como justa.

 

Aristóteles, A Política, Livro I, Cap. II

 

  1.  Distingue os cidadãos dos escravos.
publicado por historia8alustosa às 15:46
| Comentar | Ver comentários (1)

A Sociedade Ateniense

Na cidade viviam umas centenas de famílias de grande riqueza: cidadãos que viviam do rendimento das suas propriedades e, ocasionalmente, do investimento em escravos; não cidadãos [metecos], cuja base da económica era o comércio, a fabricação ou o empréstimo de dinheiro. (…) Os ricos eram essencialmente donos de propriedades à renda, disponíveis para se dedicarem à política, ao estudo ou à simples ociosidade. (…)

Na agricultura e na manufactura, os escravos eram em menor número, sendo excedidos nesses ramos da economia pelos camponeses livres e, provavelmente também, pelos artesãos independentes. Contudo, era nessas áreas produtivas que o significado dos escravos atingia maior alcance, porque libertavam das preocupações económicas, ou até da actividade, os homens que chefiavam politicamente o Estado, bem como, em larga medida, igualmente no plano intelectual.

A maioria dos Atenienses, quer possuísse um escravo, dois ou nenhum, tratavam de ganhar a vida, e muitos deles não conseguiam passar de um nível baixíssimo.

 

M. I. Finley, Os Gregos Antigos

 

  1.  Como viviam os Gregos?
publicado por historia8alustosa às 15:46
| Comentar

A Pólis

Cada coisa, para possuir todas as propriedades que lhe são próprias, não deve ser nem muito grande nem muito pequena, porque, nesse caso, ou perde completamente a sua natureza, ou perverte-se (…). O mesmo se passa relativamente à cidade; demasiado pequena, não pode satisfazer as suas necessidades, o que constitui uma condição essencial da cidade; demasiado extensa, basta-se a si mesma, não como cidade, mas como nação, e nela quase se torna impossível o governo. No meio desta imensa multidão, que general pode fazer-se ouvir? Quem vos poderá servir de arauto? (…)

 

Aristóteles, A Política

 

  1.  Quais são os elementos indispensáveis à existência da pólis grega e qual a sua dimensão ideal? Porquê?
publicado por historia8alustosa às 15:45
| Comentar | Ver comentários (1)

Atenas Antiga, Canal História, 1º de 3 episódios

publicado por historia8alustosa às 15:44
| Comentar

De Lustosa a Atenas num segundo

 

 

  1. Em que continente se situa a Península Balcânica?
  2. Para que regiões se expandiram os Gregos?
  3. Localiza a cidade de Atenas.
publicado por historia8alustosa às 15:32
| Comentar

Lições n.ºs 29 e 30

Sumário:

  • Correção do trabalho de casa.
  • Atenas e as cidades-estados.
  • A sociedade ateniense.

Aprendizagens e competências a desenvolver:

  • Levantamento dos conhecimentos tácitos e/ou ideias prévias sobre os conceitos de helenos; cidade-estado; democracia; cidadão; escravo; tragédia; comédia;
  • Visionamento e análise de um excerto do documentário "Grécia Antiga, entre o Mito e a Realidade".
  • Observação de um mapa digital da Bacia do Mediterrâneo e do sul da Península Balcânica.
  • Leitura e interpretação de um texto de Aristóteles referente aos elementos necessários à existência de uma pólis.
  • Observação e análise de um esquema simplificado de uma pólis.
  • Leitura e interpretação de textos sobre a sociedade ateniense.
  • Observação e análise de uma vasos gregos com cenas do quotidiano.
  • Realização de um pequeno debate sobre a existência ou não de igualdade homem/mulher nos dias de hoje.

O que deves conseguir fazer no final da(s) aula(s):

  • Justificar a divisão da Grécia em cidades-estado e a consequente falta de unidade política.
  • Referir os fatores de união dos Gregos.
  • Definir pólis.
  • Situar Atenas no contexto da Ática, da Grécia e do mundo grego, usando mapas.
  • Identificar as principais actividades económicas dos Atenienses.
  • Conhecer a vida quotidiana dos Atenienses.
  • Compreender as diferenças sociais existentes em Atenas.

Orientações para o teu estudo:

publicado por historia8alustosa às 02:41
| Comentar
Terça-feira, 10 de Janeiro de 2012

O alfabeto fenício

Os alfabetos fenício e latino

 

  1. Escreve o teu nome utilizando o alfabeto fenício.
publicado por historia8alustosa às 15:55
| Comentar

Os Dez Mandamentos

Eu sou o Senhor, teu Deus, que te fez sair do Egito, de uma casa de escravidão. Não terás outro Deus além de Mim. (...) Não matarás. Não cometerás adultério. Não roubarás. Não levantarás falso testemunho contra o teu próximo. Não cobiçaras a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma que lhe pertença.

 

Antigo Testamento, Êxodo

 

  1. Identifica os princípios da religião hebraica.
  2. Transcreve uma frase que demonstre a originalidade desta religião.
publicado por historia8alustosa às 15:51
| Comentar
Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2012

Lições n.ºs 27 e 28

Sumário:

  • A arte egícia.
  • A civilização hebraica e o monoteísmo.

Aprendizagens e competências a desenvolver:

  • Leitura e análise de texto sobre as áreas científicas desenvolvidas pelos Egípcios.
  • Leitura e análise textos sobre os deuses egípcios e a prática da mumificação.
  • Observação e análise de imagens dos deuses egípcios.
  • Observação e análise de uma representação do Tribunal de Osíris.
  • Observação e análise de imagens do túmulo de Nefertari, do sarcófago de Tutankamon e das Pirâmides de Gizé.
  • Leitura de um texto sobre a religião hebraica.
  • Redação de diversas palavras utilizando o alfabeto fenício e latino.

O que deves conseguir fazer no final da(s) aula(s):

  • Descrever a organização política e a estratificação social egípcia.
  • Distinguir os privilegiados e os não-privilegiados na sociedade egípcia.
  • Referir os poderes do faraó.
  • Conhecer os cultos praticados pelos Egípcios.
  • Identificar os princípios da religião hebraica.
  • Conhecer o alfabeto que esteve na origem do alfabeto atual.

Orientações para o teu estudo:

publicado por historia8alustosa às 23:02
| Comentar
Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012

As pirâmides, ArteHistoria.com

publicado por historia8alustosa às 18:39
| Comentar

Quem construiu as Pirâmides, Discovery Channel, 2.ª de 5 partes

publicado por historia8alustosa às 18:34
| Comentar

Agrupamento de Escolas de Lousada Norte

Pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Posts recentes

Objetivos para o trabalho...

Como fazer uma apresentaç...

Objetivos para o teste de...

A nobreza

O Clero na época medieval...

A Sociedade Senhorial nos...

Os muçulmanos, por Márcia...

Objetivos para o teste de...

Lições n.ºs 62 e 63

O islamismo, Canal Histór...

Os muçulmanos na Penínsul...

Os Vikings, Canal Históri...

O Último Viking, John McT...

As invasões entre os sécu...

As incursões vinquingues

A formação dos reinos bár...

A Última Legião, Doug Lef...

As tribos germânicas, BBC

A Queda do Império Romano...

As invasões bárbaras nos ...

Divisão do Império Romano...

Lições n.ºs 78 e 79

O Cristianismo, por Ana S...

O Cristianismo, por Diogo...

Biografia de Jesus Cristo...

O Império Romano nos sécu...

Cristianismo: origem e di...

As perseguições religiosa...

A mensagem do Cristianism...

Lições n.ºs 48 e 49

Roma: ascensão e queda de...

O nascimento de Roma, Nat...

Arquivos

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Ligações

SeguraNet